Intervalos estatísticos, além da confiança

Por | Summary | Nenhum comentário

Intervalos de confiança, já ouviu falar deste termo? Provavelmente sim, é um dos conceitos mais populares na Estatística, enquanto estimativas pontuais são valores singulares, as estimativas intervalares produzem um limite inferior e superior em que é provável o valor da característica de interesse da população (parâmetro) estar contido entre estes limites. Entretanto,...

Ler mais

Análise de cluster

Por | Summary | Nenhum comentário

Quando falamos de técnicas estatísticas, objetivos comuns são descrever os dados ou até fazer previsão. Porém existem mais utilidades, e uma delas é o agrupamento das observações, através da análise de Cluster/Grupo, de forma que: Dentro dos grupos as observações sejam homogêneas; Fora dos grupos as observações sejam heterogêneas. Mas...

Ler mais

A culpa está no olhar?

Por | Summary | Nenhum comentário

Já ouviu aquela frase que a culpa está no olhar? Trataremos neste post sobre o sentimento de culpa e o movimento dos olhos, a partir do artigo: Guilt in the eyes: Eye movement and physiological evidence for guiltinduced social avoidance, os autores Hongbo Yua, Yunyan Duan e Xiaolin Zhou fizeram 2 experimentos a fim de...

Ler mais

As Aventuras de Sherlock Holmes

Por | CSI | Nenhum comentário

As Aventuras de Sherlock Holmes é uma coleção de 12 contos lançada em 1892, escrita pelo autor escocês Sir Arthur Conan Doyle. Não só este livro, mas o protagonista Sherlock Holmes é mundialmente conhecido, talvez o detetive fictício mais popular do mundo? Assim, este livro teve várias adaptações ao longos anos, como:...

Ler mais

Medidas x Gráficos

Por | Summary | Nenhum comentário

Medidas resumo são uma das primeiras coisas que vem a mente quando se fala de estatísticas, como a média. Porém, será que elas por si só são suficientes para descrever um conjunto de dados? Francis John "Frank" Anscombe ficou famoso por suas contribuições, em especial, o quarteto de Anscombe, em que...

Ler mais

Summary - Causalidade

Por | Summary | Nenhum comentário

Nas postagens anteriores entendemos o conceito de correlação linear, correlação espúria e confundimento. Agora, entenderemos o conceito de causalidade. Já vimos então que a correlação basicamente é uma medida de como duas variáveis se relacionam, mas isso não implica que uma causa a outra, como veremos no exemplo abaixo. Neste exemplo,...

Ler mais