A Velocidade dos Animais

Por 5 de setembro de 2017Summary

Já se perguntou como funciona a lógica por trás da velocidade dos animais? Uma formiga é mais lenta que um rato, que é mais lento que um cão, que é mais lento que um guepardo, que é mais lento que um elefante? Não! Apesar de uma possível correlação entre tamanho e velocidade, o guepardo é o mais rápido dos animais, embora o elefante seja o maior deles.

O maior animal terrestre, o elefante africano

O maior animal terrestre, o elefante africano.

Partindo desta premissa os pesquisadores Myriam R. Hirt, Walter Jetz, Björn C. Rall e Ulrich Brose estudaram o relacionamento entre velocidade e tamanho dos animais, em seu artigo A general scaling law reveals why the largest animals are not the fastest  propõem um modelo que a partir do peso do animal e o meio que o mesmo habita (aquático, terrestre e aéreo) estima a velocidade máxima do animal, com uma acurácia de 90%.

Dados observados dos animais e modelos ajustados pelos autores

Dados observados dos animais e modelos ajustados. a. Comparação entre os diferentes ambientes (aquático, terrestre e aéreo). b-d. Diferentes taxonomias para os animais aéreos, terrestres e aquáticos, respectivamente. (Artigo: A general scaling law reveals why the largest animals are not the fastest)

Mas o que torna o modelo mais interessante?

“The best feature of our model is that it is universally applicable,”

Myriam R. Hirt

O autor principal diz que o modelo é universalmente aplicável, de tal forma que possibilita a estimação da velocidade para animais extintos.

Velocidade dos animais extintos

Gráfico da velocidade (km/h) x Massa corporal, dos dados observados, modelo proposto e simulações aplicado em animais extintos. (Artigo: A general scaling law reveals why the largest animals are not the fastest)

O comportamento de crescimento e posterior decrescimento permanece para os animais extintos, porém como validar as estimativas? Utilizando-se de simulações de complexos modelos biomecânicos, há concordância entre ambos os resultados.

Portanto, consegue-se a compreensão de um comportamento complexo através do uso de ferramentais matemáticos, possibilitando também a predição para casos desconhecidos, como o caso da velocidade dos animais extintos.

Referências:

Site: https://www.idiv.de

Artigo: Myriam R. Hirt, Walter Jetz, Björn C. Rall, Ulrich Brose: A general scaling law reveals why the largest animals are not the fastest. Nature Ecology and Evolution. DOI 10.1038/s41559-017-0241-4

 

Autor Vinícius Felix

Mais posts de Vinícius Felix

Faça parte da discussão Um comentário

Insira uma resposta